Seja bem Vindo ao Blog do Shinigami LoL! Um blog com ótimo conteúdo! Seja humor, curiosidades, Downloads, RPG, música... Conteúdo de qualidade, a gente encontra aqui!

Chat do ShinigamiLoL

20 de out de 2010

Quando eu morrer... - Parte 1

Eu irei postar um texto aqui realmente sério... Eu sonhei que eu morria... Eu irei descrever como era a sensação de morrer seguindo meu sonho, e as coisas que eu desejava para as pessoas em minha volta enquanto eu estava "morrendo"... A seguir... O post! Apreciem...



Minha morte...

Estava eu, tranquilamente sentado à sombra de uma árvore do sítio de meus avós... (Para ser mais específico, o cajazeiro do sítio, minha árvore predileta) Eu nem sequer desconfiava que qualquer coisa ruim pudesse acontecer... Com algum tempo que eu estava lá embaixo, eu comecei a ouvir alguém gritando, e uma luz brilhando mato adentro! Logo eu corri para ver o que estava havendo. Quando eu estava chegando perto do local que brilhava, eu vi uma criatura a qual eu não consigo definir muito bem... Era uma criatura com mais que o dobro do meu tamanho, brilhava muito, e estava desmembrando um homem. (o qual não era mais possível ver o rosto, ou os olhos, pois estava completamente carbonizado, assim como tudo o que aquele monstro tocava!) Eu, apavorado, atirei uma grande pedra que eu encontrei no chão. Logo o homem parou de gritar, e a criatura parou de tortura-lo... A criatura olhou para mim, falou: "Nunca mais me interrompa!", e começou a caminhar em minha direção. Eu me sentia hipnotizado por seus olhos, eles eram somente duas esferas negras, mas quando você olhava para elas, você se sentia vazio, desconfortável, e com muito medo... Quando eu olhei para aquilo, eu comecei a pensar logo no meu fim, comecei a pensar em todos os meus amigos, tudo o que eu poderia fazer para evitar constrangimento entre eles, tudo o que eu poderia fazer para ajudar eles, da mesma forma com a minha família... Quando aquela criatura se aproximou de mim, eu tentei correr, mas meu corpo estava paralisado de medo. Aquela criatura sorriu, segurou meu pescoço e me ergueu. Eu sentia meu pescoço queimando, e começava a parar de perder os sentidos... O primeiro que eu perdia era a visão... Logo eu não podia ver seus olhos, assim como não conseguia ver mais nada... Eu comecei a entrar em pânico, e tentei segurar suas mão e tentar me libertar, mas no exato momento que eu toquei suas mãos, minhas mão começaram a queimar... Eu ouvia o fogo queimando minhas mão, assim como conseguia sentir o cheiro delas queimando... Eu tentei mesmo assim me livrar daquela criatura, mas eu já não conseguia mais me mexer... A única coisa que eu conseguia era ouvir minha pele queimando, sentir o cheiro dela queimando, e sentir ela queimando! Com algum tempo a dor amenizou... Mas logo eu não conseguia sentir mais nada, eu havia perdido o tato... Eu também perdi o paladar e o olfato momentos depois de perder o tato... Eu só conseguia ouvir minha pele queimando... Depois de algum tempo eu perco a audição também... Mas o pior era que eu continuava vivo apesar de estar praticamente morto... Eu ainda conseguia pensar, e agonizava pensando no que havia acontecido, e como estava minha família e amigos! Era a única coisa na qual eu pensava! Eu estava sozinho, num ambiente no qual eu não me sentia confortável! Eu sabia que havia perdido boa parte do meu corpo ali! Mas mesmo praticamente sem corpo, eu me sentia como se ainda o tivesse, eu sentia muito frio, e sentia como se minha pele estivesse formigando, mas era um formigamento muito forte! Era parecido com várias agulhas me espetando... Mas eu ficava completamente confuso, pois... Como eu poderia sentir dor e frio se eu não tinha mais corpo? Depois de algum tempo eu comecei a me sentir fraco, e com sono... Mas mesmo tentando lutar para ficar acordado, o sono era cada vez mais forte, e eu me sentia cada vez mais dormente... Logo eu me senti como se tivesse parado de existir... Eu estava num ambiente completamente vazio, e infinito... Eu me sentia livre para viajar por ali, apesar de ser sem propósito nenhum... Eu não sentia medo, frio, fome, dor, alegria, tristeza, ou qualquer outra coisa que eu pudesse sentir quando eu ainda tinha corpo! Era uma sensação terrível! Mas logo aquilo foi passando... E logo eu acordei... Com medo, e frio... Sem fôlego, e com o coração em disparada... Aquela na minha opinião é a sensação da morte... Um vazio...
Eu não sei se eu fui o único que conseguiu morrer vivo, ou se todos, ou muitos já sonharam com algo semelhante... Mas eu só posso dizer uma coisa a respeito! Aquilo foi terrível!

Isso foi o que aconteceu no meu sonho! Mas não o que eu pensei... Eu irei postar o que eu pensei neste sonho no próximo post! Este fica por aqui! Obrigado!

Um comentário:

Rafael disse...

não siga a luz branca